Polícia Civil avança nas investigações da morte do ex-prefeito de Candeias

0
938
Veículo em que o ex-prefeito estava quando foi morto na noite de sábado, 18, (Foto: Toni Francis/G1)

O trabalho de investigações do assassinato do ex-prefeito de Candeias do Jamari (RO), Francisco Vicente de Souza, conhecido como Chico Pernambuco, está avançado, segundo o diretor geral da Polícia Civil, Eliseu Muller. O parlamentar foi morto a tiros na noite do último sábado (18), quando chegava na casa onde morava no município, a 25 quilômetros de Porto Velho.

Conforme Eliseu Muller informou à Rede Amazônica, diligências estão sendo realizadas, várias testemunhas já foram ouvidas e a investigação está se afunilando. O diretor não deu detalhes e nem a principal linha de investigação, mas garante que o crime será esclarecido, talvez não dentro do prazo de 30 dias. “(…) Esperamos concluir nesse tempo que nós temos aí de 30 dias. Se não der, vamos pedir prorrogação ao Ministério Público (MP-RO)”, explicou.

Segundo Muller, o inquérito continuará sendo coordenado pela delegada Keity Mota, de Candeias do Jamari. Eliseu vai ser o segundo delegado do caso, com apoio de policiais de vários setores da segurança.

“Ela [delegada Keity Mota] conta com o nosso departamento de estratégia e inteligência, ela conta com a Delegacia de Homicídio, ela conta com a Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos, ela conta com o GEI da Sesdec [Segurança, Defesa e Cidadania], que é a Gerência de Estratégia e Inteligência da Sesdec. Ou seja, ela tem todo um aparato que vai possibilitá-la a concluir esse crime complexo que ocorreu naquele município”, informou.

Assassinato
O ex-prefeito Chico Pernambuco foi morto a tiros, na noite do último sábado, quando chegava em casa, em Candeias do Jamari. Conforme a polícia, ele estava dentro do próprio carro quando levou os tiros de pistola.

O parlamentar de 66 anos chegava em casa com a namorada e uma criança, quando dois homens se aproximaram de motocicleta e efetuaram vários disparos.

Fonte: G1 -RO

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here