Crianças agredidas por padrasto pedem socorro de tia e suspeito é preso

A Polícia Militar foi acionada por uma tia das vítimas informando que o sobrinho tinha telefonado para ela dizendo que desde o meio dia se encontrava fora de casa porque o padrasto estava ameaçando de o agredir ainda mais

Anúncio

Sob a acusação de espancar o casal de enteados de 10 e 12 anos, Jadson S. O., 21, foi preso na noite de segunda-feira (18) em uma residência na Vila Codaron, BR-364, quilômetro 13, sentido Cuiabá, em Porto Velho (RO).

A Polícia Militar foi acionada por uma tia das vítimas informando que o sobrinho tinha telefonado para ela dizendo que desde o meio dia se encontrava fora de casa porque o padrasto estava ameaçando de o agredir ainda mais.




Os policiais militares foram ao local, encontraram as crianças machucadas e prenderam o suspeito. A menina de 10 anos disse que com frequência ambos são agredidos brutalmente pelo padrasto. Contou ainda que em certa vez o padrasto teria batido na mão dela até sangrar.

Na ocasião, houve inclusive denúncia ao Conselho Tutelar e uma equipe foi à residência. Todavia, segundo a criança, ela teria sido obrigada pelo padrasto a dizer que as lesões seriam em virtude de uma queda dela.

O menino de 12 anos confirmou que vem sendo agredido com frequência devido o padrasto não gostar que ele visite a casa de sua tia que fica nas proximidades.

Os policiais declararam na ocorrência que a mãe das crianças seria conivente com as agressões. O suspeito foi apresentado na Central de Flagrantes.

 

Fonte: RONDONIAOVIVO