‘DIREITOS DOS SERVIDORES SÃO INEGOCIÁVEIS’, AFIRMA DEPUTADO ANDERSON AO DECLARAR APOIO À GREVE NO SISTEMA PRISIONAL

O deputado estadual Anderson Pereira (Pros) reafirmou nesta terça-feira (15) o seu total apoio ao Sindicato dos Agentes Penitenciários e Agentes de Segurança Socioeducativo do Estado de Rondônia (Singeperon)

Anúncio

O deputado estadual Anderson Pereira (Pros) reafirmou nesta terça-feira (15) o seu total apoio ao Sindicato dos Agentes Penitenciários e Agentes de Segurança Socioeducativo do Estado de Rondônia (Singeperon), que anunciou na segunda-feira (14) greve geral no Sistema Penitenciário estadual. A deflagração do movimento grevista foi anunciada à categoria pela presidente sindical, Dahiane Gomes, após o veto do governador Marcos Rocha (PSL) no orçamento da Secretaria de Estado de Justiça de Rondônia (Sejus) nos pontos que previa o pagamento do realinhamento salarial dos servidores.

“Como eu disse em minha nota de repúdio, o governador comete uma grande injustiça à categoria que possui o pior salário do Brasil. A Diretoria e os filiados do Singeperon podem contar com esse deputado neste movimento que é justo e legítimo”, afirmou o parlamentar.




A categoria já estava em estado de greve, conforme deliberação em assembleia realizada em 29 de novembro de 2018. O acordo judicial prevê a aprovação do orçamento, envio de projeto de lei do realinhamento salarial até fevereiro/2019 e implantação no salário dos servidores no primeiro quadrimestre deste ano.

Anderson ressaltou ainda que estará ao lado dos servidores e do sindicato para resolver essa crise. “Estaremos juntos, como sempre estivemos, nas rodadas de negociação. O diálogo será a única forma de resolver essa questão, porém é necessário deixar claro que os direitos dos servidores são inegociáveis. A justiça tem que prevalecer”, reforçou.

De acordo com informações do Singeperon, a greve está prevista para iniciar no próximo dia 18, após cumprimento dos prazos legais.

Fonte:  PressArt Comunicação

Comentários