Draco prende envolvidos em venda de certificados escolares

Os mandados cumpridos são resultantes da análise dos materiais apreendidos na primeira fase da operação, deflagrada em 04/10/2018, uma vez que foram identificadas mais pessoas beneficiadas pelo esquema criminoso

Na manhã desta quinta-feira (03) a Polícia Civil do Estado de Rondônia por meio da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) deu cumprimento a 11 mandados de busca e apreensão, quatro mandados de proibição de acesso a determinados locais e 01 (um) mandado de afastamento da função pública.

Esta é a segunda fase da Operação Vida Espúria, tratando-se de investigação onde se revelou um vasto esquema de venda de históricos escolares e certificados de conclusão do ensino médio na EEEFM Maria Carmosina Pinheiro e na EEEFM São Luiz, que também serviram para apenados conseguirem o uso de tornozeleira eletrônica.




Os mandados cumpridos são resultantes da análise dos materiais apreendidos na primeira fase da operação, deflagrada em 04/10/2018, uma vez que foram identificadas mais pessoas beneficiadas pelo esquema criminoso.

Estão sendo atribuídos aos investigados uma série de crimes, notadamente corrupção ativa e passiva, associação criminosa, falsificação de documento público, falsidade ideológica e inserção de dados falsos em sistema de informações.

A Draco continuará as investigações visando identificar outros apenados que tenham obtido progressão de regime ou outros benefícios mediante o uso de documentos escolares falsos, motivo pelo qual não serão revelados os nomes dos investigados.

Para os cumprimentos, foram envolvidos cerca de 30 (trinta) policiais, entre delegados, agentes e escrivães.

Fonte: Assessoria

Comentários