Grávida é agredida, ameaçada de morte e tem casa apedrejada

Com um pedaço de madeira contendo pregos na ponta, ele afirmava que ia matá-la

Foto: Ilustrativa
Anúncio

A Polícia Militar prendeu na noite de quarta-feira (24) um jovem de 20 anos suspeito de agredir e ameaçar matar a exmulher de 24 anos, grávida de sete meses. O crime aconteceu no condomínio Porto Madero, na zona Leste de Porto Velho (RO).

Segundo a vítima, após agredi-la com socos e pontapés e ser expulso do local pelos familiares da grávida, o suspeito retornou ao local e passou a apedrejar o apartamento dela.




Com um pedaço de madeira contendo pregos na ponta, ele afirmava que ia matá-la. Durante as ameaças, o jovem também teria dito que ia comprar uma peça (arma) para executar a ex-mulher a tiros.

A Polícia Militar foi acionada e prendeu o rapaz já na frente da casa da mãe dele. O suspeito não se intimidou e na frente da polícia voltou a ameaçar a ex-mulher de morte. Ele foi conduzido para a Central de Polícia.

 

Fonte: RONDONIAOVIVO

Comentários