Homem se irrita com roupa de esposa, chama-a de prostituta e a estrangula

Anúncio

Um homem de 43 anos foi preso na terça-feira (14) depois de se irritar com a roupa que a companheira, de 42 anos, estava usando, chamá-la de prostituta e a agredir, chegando a estrangulá-la.

O caso aconteceu no Bairro Jardim Padre Paulo, em Cáceres (220 km de Cuiabá), por volta das 16h30.

Conforme o boletim de ocorrência, o casal divide a mesma casa há cerca de cinco anos e na terça-feira (14) o homem ficou irritado com a companheira, alegando que as roupas que ela estava vestida estavam muito coladas no corpo.




Para ofendê-la, o homem começou a dizer que a companheira era prostituta e, depois, ainda foi para cima dela, pegou-a pelo pescoço e apertou. Em seguida, deu dois socos nos seios dela.

Agredida física e verbalmente, a mulher ainda foi ameaçada pelo companheiro, que disse que se ela chamasse a polícia “iria quebrá-la no pau”, consta no boletim de ocorrência.

A vítima acionou a Polícia Militar e uma equipe foi até a casa do casal, onde a mulher relatou o ocorrido e disse que, inclusive, já foi agredida pelo companheiro outras vezes.

Os policiais entraram na casa com autorização da mulher e encontraram o suspeito ainda do lado de dentro. Ele foi preso e encaminhado para a delegacia.

Fonte: O LIVRE

Comentários