Identificado rapaz de 25 anos executado com 7 tiros a queima-roupa; amigo baleado está fora de risco

Alvo do ataque era mesmo o jovem que morreu no local

Foto: Divulgação
Anúncio

Foi identificado como Maikon André de Souza Cella, o jovem de 25 anos assassinado em uma distribuidora de bebidas na noite de ontem. O estabelecimento onde aconteceu o crime fica rua José Roberto Garcia Moreira, no bairro Embratel, em Vilhena.

O jovem, mais conhecido como “Granjão”, que ingeria bebidas alcoólicas no local em companhia de dois amigos, foi alvejado com sete 7 tiros a queima-roupa, desferidos por um homem que chegou ao local como carona de um motociclista.

Um dos amigos da vítima também foi atingido por um dos disparos no braço esquerdo e levado ao pronto-socorro pelo Corpo de Bombeiros. A terceira pessoa que estava na mesa correu para o interior do comércio para se livrar do ataque e não foi ferido.

Testemunham afirmam que, apesar de outra pessoa ter ficado ferida, o alvo do atirador era de fato Maikon, que morreu no local.

Ao todo foram recolhidas no local, pela Polícia Militar, 10 cápsulas de calibre 9 milímetros. Até o momento ninguém foi preso.


Fonte: Folha do Sul

Deixe seu Comentário