Lula chora aos soluços com a morte do neto; ex-presidente já está no velório do menino

Todos que estavam presentes se comoveram ao ver Lula aos prantos, soluçando, arrasado pela notícia que jamais imaginou receber na prisão.

Anúncio

Lula chorou muito e até soluçou quando foi informado da morte do neto de 7 anos. Na carceragem da Polícia Federal em Curitiba, o petista mantém uma foto de Arthur sempre por perto e não se conformou que o menino havia falecido. Para os aliados, este foi o golpe mais duro que o petista recebeu desde que foi preso.

Todos que estavam presentes se comoveram ao ver Lula aos prantos, soluçando, arrasado pela notícia que jamais imaginou receber na prisão.




A direção da carceragem autorizou a entrada de Gleisi Hoffmann, em caráter excepcional e a presidente do PT foi até a cela de Lula para dar a difícil notícia. Arthur morou com o avô por um tempo e chegou a visitar Lula na cadeia por duas vezes.

Segundo o UOL, o próprio Lula conversou com os dirigentes do PT e pediu para que todas as manifestações políticas fossem desestimuladas no velório de seu neto. Os advogados tomaram muito cuidado para que desta a autorização para Lula deixar a prisão não fosse negada.

Lula repetiu por diversas vezes que quando viu Gleisi Hoffmann chegando à prisão em que se encontra, já percebeu que algo terrível havia acontecido com algum familiar e não estava enganado, porém, nunca imaginou que fosse a morte do neto de 7 anos.

O ex-presidente deixou a sede da PF no início da manhã e por volta das 8h30 já estava no aeroporto de Congonhas, de onde seguiu escoltado para o cemitério em São Bernardo do Campo, onde o corpo do neto está sendo velado.

Lula poderá ficar no local pro quase 2 horas e depois terá que retornar para a prisão, em Curitiba. O avião usado pelo petista foi cedido pelo governador do Paraná, Ratinho Jr.

Fonte: 1 News

Comentários