Mãe de aluno diz: “Promotor, criança fora da escola é crime”

Anúncio

O desabafo de uma mãe de estudante, moradora da Ponta do Abunã, exemplifica a triste condição de desespero a que a população dos distritos e áreas rurais de Porto Velho estão expostos. Famílias não sabem mais o que fazer para que o transporte escolar volte funcionar e os filhos possam estudar.

A mulher estava participando da reunião promovida nesta última quarta-feira (24) e chorando falou ao promotor do Ministério Público de Rondônia, Marcelo Lima, e o secretário municipal de Educação, Márcio Felix, que “manter criança fora de sala de aula é crime”.

“Nós levantamos nossos filhos cinco horas da manhã para colocar em um ponto de ônibus que não tá passando. Soltamos eles nas mãos do motorista, de um monitor e nas mãos de Deus. Criança ficar sem estudar é crime. Criança andar em condições precárias é crime. Eu peço, por favor, olhe para nós”, afirmou a moradora.




De acordo com ela, os sonhos dessas crianças estão sendo destruídos e muitos deles vão acabar desistindo da escola. “Bagunçaram todo o calendário escolar. Eles não sabem onde estão os sonhos deles. Minha filha quer ser uma médica, mas o poder público não está nem aí se eles têm o sonho de ser alguém um dia”, relatou.

Veja o vídeo:

REUNIÃO EM EXTREMA COM MP E DONO DA EMPRESA DO TRANSPORTE ESCOLAR E O SECRETÁRIO DA SEMEDReunião na escola Jayme Peixoto de Alencar em extremaTRANSPORTE ESCOLAR: Promotor e secretário de Educação se reúnem com moradores de Extrema | rondoniaovivo.com http://www.rondoniaovivo.com//geral/noticia/2019/04/24/transporte-escolar-promotor-e-secretario-de-educacao-se-reunem-com-moradores-de-extrema.html?utm_source=whatsapp&utm_medium=share-bar-desktop&utm_campaign=share-bar#Rondoniaovivo

Posted by William Ferreira "Homem do Tempo" on Wednesday, April 24, 2019

O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, foi acusado por crime de Improbidade Administrativa em decorrência da crise do transporte escolar, um pedido de afastamento já foi impetrado na Câmara de Vereadores da capital.

Fonte: RONDONIAOVIVO

Comentários