Motorista de aplicativo e cadeirante são presos após atirarem no meio da rua

Anúncio

A prisão do motorista de aplicativo, Denilson C. A., 31, e o pai dele, Antônio M. A. 62, acusados de porte ilegal de arma e disparo em via pública aconteceu na noite de domingo (12) na Rua Percy Holder com Humberto Florêncio, bairro Cidade do Lobo, na zona Sul de Porto Velho (RO).

Populares acionaram a Polícia Militar denunciando que dois homens em um carro modelo Celta de cor preta tinham passado efetuando ao menos quatro tiros para o alto nas imediações da fábrica da Coca-Cola.




Os militares então fizeram patrulhamento e abordaram a dupla já no bairro Cidade do Lobo. Em revista pessoal, um revólver calibre 38 foi encontrado na cintura de Antônio, que é cadeirante.

Tanto ele quanto o filho dele que dirigia o carro estavam em visível estado de embriaguez e não justificaram o motivo de efetuarem os tiros. Ambos foram levados para a Central de Flagrantes.

Fonte: RONDONIAOVIVO