Motorista de aplicativo é preso por agredir passageira que sujou carro

A vítima alega que o suspeito não parou o carro quando ela pediu

Foto: ilustrativa
Anúncio

Terminou com um motorista de aplicativo preso uma corrida realizada na madrugada deste domingo (14), na Avenida Jatuarana com Rua Geraldo Siqueira, bairro Caladinho, zona Sul de Porto Velho. O motorista, Daniel S. L., 33, foi detido acusado de lesão corporal a uma passageira de 22 anos.

Consta em ocorrência, que a jovem e o namorado solicitaram um serviço de motorista de aplicativo da Avenida Pinheiro Machado, no Centro, até uma rede de fast-food na Avenida Jatuarana. No meio do trajeto, a vítima teria passado mal e pedido para o motorista parar, mas como o suspeito não atendeu a solicitação ela vomitou pela janela, contudo, respingou no carro.




Já no destino final, o motorista de aplicativo teria cobrado além da corrida no valor de R$ 12,00 mais R$ 8,00 por causa da pequena sujeira no veículo.

Houve discussão e a jovem teria sido agredida pelo suspeito com empurrões. Todavia, o motorista alega que apenas segurou no braço dela, pois a jovem estaria tentando tirar a chave da ignição do carro. A PM foi acionada e após ouvir as versões dos envolvidos deu voz de prisão para Daniel.

Comentários