Mulher é agredida e arrastada pelos cabelos após ser mantida presa por marido em condomínio

O suspeito ainda efetuou um disparo de arma de fogo

Foto: Divulgação
Anúncio

Edvan S. J., 31, foi preso armado por volta das 23h30 da noite de sábado (12) após agredir e manter em cárcere privado a esposa de 30 anos e as fillhas dela. O crime aconteceu no condomínio Orgulho do Madeira, na zona Leste de Porto Velho.

Conforme a ocorrência, a mulher contou que o marido estava usando cocaína e bebendo cerveja e em dado momento começou a agredi-la sem motivos aparentes. Ele em seguida trancou a porta do apartamento, escondeu a chave e foi dormir.

Porém, antes o suspeito ainda teria efetuado um disparo de arma de fogo dentro do quarto para amedrontar a mulher e as filhas. Após um certo tempo, a vítima teria conseguido convencê-lo a abrir a porta para que ela fosse comprar janta.




Quando retornava para casa com o lanche, o suspeito teria arrastado ela ainda na rua pelos cabelos e novamente a agredido. A vítima conseguiu se soltar e foi amparada por outros moradores do condomínio.

Uma aquipe da PM foi ao local e prendeu o suspeito. Na revista dentro do apartamento foi encontrada uma arma de fabricação caseira e um cartucho calibre 36.

A mulher alegava que o marido possuía duas armas, mas a outra não foi localizada. O suspeito foi encaminhado à Central de Flagrantes.

Fonte: RONDONIAOVIVO

Comentários