Não se pode tirar a dignidade do povo, diz Samuel Costa sobre o Desmonte da Previdência

Anúncio

Em entrevista concedida na terça feira (16), ao site amazoniaquinews e a Radio Rio Madeira, o jornalista e professor Samuel Costa (29) anos, falou a respeito do possível desmonte da previdência, projeto esse apresentado pelo governo do presidente Bolsonaro.

Uma das faces mais perversas do desmonte da previdência é o fim do abono salarial para quem ganha até 2 salários mínimos.

Com a possível aprovação da PEC06/19 no congresso nacional os trabalhadores brasileiros terão que se aposentar com cerca de 1/3 a menos do valor que receberiam antes desta reforma. A agenda de austeridade e malevolência do desgoverno Bolsonaro, só tem feito o povo sofrer cada vez mais, piorando a situação do nosso país.

“O povo brasileiro está tão machucado que aceitou tranquilamente a perda de direitos! O desmonte da previdência retira a dignidade dos trabalhadores garantidos na CRFB/88.” Garante Costa

Devemos lutar contra essa reforma da previdência, apresentada por esse desgoverno e defendida por seus asseclas e aliados. Seguiremos na lutar até o final para ao menos minimizar os efeitos nefastos dessa atrocidade sobre o nosso país. Essa reforma é uma verdadeira farsa. Finalizou o jovem professor

Fonte: Amazoniaqui

Deixe seu Comentário