Quatro consequências da solidão para a saúde

A solidão crónica pode ter consequências adversas para sua saúde

Foto: Divulgação
Anúncio

Para muitos de nós o sentimento de solidão é uma condição temporária, talvez causada por uma mudança de vida: como mudar de cidade ou iniciar um novo emprego. Mas para outras pessoas, a solidão é um modo de vida, que resulta da falta de conexão com os outros (mesmo que tenham amigos e familiares). E, segundo pesquisas, a solidão crônica pode ter consequências adversas para sua saúde. Os cientistas ainda estão a estudar a ligação entre a saúde mental e a física e como a solidão afeta o nosso corpo. Estas são algumas das descobertas destes últimos anos.

Um estudo de 2003, citado pela CNN, descobriu que os sentimentos de solidão desencadeiam atividade nas mesmas regiões do cérebro que registram dor física.

Pode prejudicar o sono

Pessoas que se sentem sozinhas tendem a sofrer mais interrupções noturnas do que aquelas que não sentem, segundo um estudo de 2011.

Pode aumentar o risco de demência

Num estudo de 2012, que contou com a participação de quase 2200 idosos que moravam em Amesterdam, os investigadores descobriram que aqueles que relataram sentirem-se sozinhos – independentemente do número de amigos e familiares – eram mais propensos a ter demência do que aqueles que moravam sozinhos.

Pode contribuir para a morte prematura

Dois outros estudos de 2012 descobriram que morar sozinho – ou apenas sentir solidão – pode aumentar o risco de morte prematura.


Fonte: NOTÍCIAS AO MINUTO

Deixe seu Comentário