Quem lembra do caso do Justiceiro que faz justiça com as próprias mãos e MATA 30 BANDIDOS em uma noite

Com toda essa  violência é possível que apareçam muitos querendo ser super heróis como, Super-Homem, Homem Aranha, Mulher Maravilha etc.

Foto: Divulgação
Anúncio

O caso aconteceu no estado do PARÁ onde um justiceiro anônimo aterrorizava ladrões na Capital do estado. em uma só noite ele  matou 30 bandidos, porém até agora a polícia não conseguiu  descobrir a identidade dele.

Se essa onda volta com o possível presidente Bolsonaro eleito, os ladrões podem fica preocupados, pois a tendencia é que a morte de bandidos se propague mais em nosso Brasil.




iniciou essa onda de mortes contra os bandidos desde do ano passado no estado do PARÁ, quando um desconhecido assumiu o papel de justiceiro da Capital Belem – Pa.

Ele só aparecia durante a noite numa moto ,matava os ladrões e assaltantes, e ainda conseguia evitar arrombamentos nas lojas da cidade ,ele só matava bandidos, a última vítima foi um bandido que ele matou em um posto de gasolina.

A secretaria de Segurança Pública do Pará registrou 30 pessoas assassinadas na região metropolitana de Belém no mês das mortes.




As mortes aconteceram horas depois que o policial militar Rafael da Silva Costa foi assassinado durante uma perseguição a suspeitos de um assalto no bairro da Cabanagem, periferia de Belém. Atingido por um tiro na cabeça, o policial chegou a ser levado para o Hospital Metropolitano, em Ananindeua, mas não resistiu aos ferimentos.

O secretário de segurança adjunto do Pará, Coronel Hilton Benigno, confirmou á jornais do PARÁ que dos 30 assassinatos, 25 tinha características de execução. E confirma que os crimes podem ter ligação com a morte do policial. “A gente leva em consideração a possibilidade de que os crimes sejam uma reação à morte do policial. Mas ainda não podemos afirmar isso com clareza”, afirma o secretário.

Comentários