Representante dos Farmacêuticos de Rondônia já foi expulsa do CFF, mas ganha liminar para permanecer no cargo

Anúncio

A Conselheira Lérida Maria dos Santos Vieira, Farmacêutica, atua há vários anos como Conselheira Federal de Farmácia, e também como sindicalista dos Farmacêuticos de Rondônia.
No entanto apesar de sua atuação em prol pelos Farmacêuticos por todos estes anos, acumula contra ela acusações, investigações e até afastamento do seu cargo como conselheira federal.

Ela é investigada pela POLÍCIA FEDERAL E MINIISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL por falsificação de assinaturas para burlar processo eleitoral no SINFAR – RO.

Já foi condenada pelo Tribunal de Contas da União. Além disso pesa sobre ela uma condenação de ENRIQUECIMENTO ILICÍTIO em segundo grau pela Justiça Federal.

Sendo este último caso, o Conselho Federal de Farmácia solicitou que a mesma fosse afastada imediatamente do seu cargo, por julgar que, como ela é condenada por Enriquecimento Ilícito em segundo Grau, ela poderia prejudicar todas as ações do CFF, caso ela continuasse como Conselheira.

Ela recorreu da Decisão do CFF e ganhou uma liminar para permanecer no cargo de Conselheira até o dezembro de 2019.
Ela é atualmente candidata a reeleição para o mesmo cargo. A instabilidade jurídica é grande em volta do assunto, pois ela pode ser afastada novamente do seu cargo como Conselheira Federal podendo prejudicar o andamento do CFF e suas decisões deliberativas o que pode atrasar todo trabalho desempenhado pelo Conselho Federal de Farmácia em prol da classe durante estes anos.


Fonte: Assessoria

Deixe seu Comentário