Donos da Avianca são presos pela Lava Jato

Anúncio

Os empresários German Efromovich e Jose Efromovich foram presos, em São Paulo, na 72ª Fase da Operação Lava Jato, realizada na manhã desta quarta-feira (19). As duas prisões são preventivas e foram convertidas em prisão domiciliar por conta da pandemia do coronavírus. A informação é do portal G1.

Os presos são irmãos e donos estaleiro Eisa – Estaleiro Ilha S.A. Também são sócios da Avianca Holdings, segunda maior companhia aérea da América Latina, que está em recuperação judicial. A Avianca e a Ocean Air não são citadas na investigação.

Segundo revelou reportagem do portal G1, as ordens judiciais foram expedidas pela 13ª Vara Federal em Curitiba, e a operação foi batizada de “Navegar é Preciso”.

As investigações apontam que foi identificada uma organização criminosa que fraudava o caráter competitivo das licitações pagando propina a altos executivos da Petrobras e empresas a ela relacionadas como a Transpetro.


Fonte: Brasil 247

Deixe seu Comentário