Flamengo X Atlético-MG: Final da Supercopa terá diponível 80% da sua Capacidade

Foto: GettyImages / Divulgação
Anúncio

Palco da Supercopa do Brasil de 2022, a Arena Pantanal terá 80% da sua capacidade liberada para o duelo entre Atlético-MG e Flamengo, às 16h (de Brasília) em 20 de fevereiro. A prefeitura de Cuiabá anunciou a nova medida, e irá oficializar a flexibilização da regra nesta terça-feira.

O estádio tem capacidade total para cerca de 43 mil torcedores. Então, no duelo entre mineiros e cariocas, serão cerca de 35 mil assentos liberados, mas com algumas cadeiras utilizadas na separação de torcidas.




“Ainda fica estipulado que para acessar e permanecer nos eventos citados será necessário apresentar cartão comprovante de imunização contra a covid-19 com a segunda dose ou dose única. Além disso, deverão ser observadas rigorosamente as medidas de biossegurança, já anteriormente determinadas no âmbito municipal, sob pena de aplicação das penalidades legais cabíveis”, informa a prefeitura de Cuiabá.

Já havia uma movimentação da Federação de Futebol do Mato Grosso, juntamente com a CBF, para que a regra de 30% de capacidade realizada pelo poder municipal de Cuiabá fosse ampliada. A Arena Pantanal foi o local escolhido para sediar a Supercopa, e esquentou ainda mais os bastidores de Galo e Flamengo. A Federação ainda não se manifestou sobre a venda de ingressos.




O Atlético irá viajar para a capital mato-grossense apenas no sábado, após um treino de manhã em Belo Horizonte. Entretanto, o regulamento da competição exige que as duas delegações estejam na cidade da partida com três dias de antecedência. O Galo alegou que não há local de treinamentos em Cuiabá, e resolveu viajar na véspera.

Atual bicampeão da Supercopa, o Flamengo irá enfrentar o Atlético na condição de vice-campeão brasileiro, como determina o regulamento, uma vez que o clube mineiro venceu o Brasileirão e a Copa do Brasil de 2021. Antes do confronto, o Fla joga contra o Madureira no Campeonato Carioca, e o Galo faz duelo com o Athletic no Mineiro.

Vale lembrar que a CBF ainda não divulgou os preços das entradas para a decisão. Na final entre Flamengo e Palmeiras, no Mané Garrincha, em 2021, o ingresso mais barato custou R$ 100 reais, e o mais caro, R$ 600. Por isso, dá pra ter uma noção das possibilidades de preço e somar ao seu orçamento.


Fonte: Alerta Rondônia

Deixe seu Comentário