Flamengo x Internacional: um ataque poderoso diante de uma das defesas mais sólidas do Brasil

Espião Estatístico: Rubro-Negro tem aproveitamento e números ofensivos superiores na temporada. Colorado vai muito melhor na defesa, além de estar invicto na Libertadores

Foto: GloboEsporte.com
Anúncio

Dois dos melhores times do Brasil se enfrentam nesta quarta-feira pelas quartas de final da Libertadores. De um lado, o Flamengo, dono de um ataque mortal, mas que vem desfalcado de seu principal jogador, Gabriel. Do outo, o Internacional, invicto na competição continental e com uma defesa quase intransponível, formada por Rodrigo Moledo e Víctor Cuesta.

A equipe do Espião Estatístico entra em campo e mostra os principais números antes deste jogão, que será realizado às 21h30, no Maracanã. Vamos aos números!




Libertadores

Levando em conta apenas os números da competição, o Inter, invicto, tem um aproveitamento muito maior, além de números superiores no ataque e na defesa.

Gabriel é um grande desfalque para o Flamengo, mas quem tem os melhores números na Libertadores é Bruno Henrique, que participou diretamente de 50% dos gols do clube na competição, com um gol e cinco assistências. No Colorado, apesar de Guerrero ser o artilheiro, com quatro gols, Nico López e Rafael Sobis tem 43% de participação direta nos gols da equipe cada um. Os dois têm três gols e três assistências.




Temporada

Nos números gerais de 2019, o Flamengo tem uma leve superioridade no aproveitamento e um desempenho ofensivo muito melhor. Já o Inter tem ido melhor na defesa. Veja:

Gabriel (24 gols) e Paolo Guerrero (11 gols) são os artilheiros do Rubro-Negro e do Internacional, respectivamente, na temporada. Já os principais garçons são Bruno Henrique (11 assistências) e Rafael Sobis (sete assistências).

Mandante x Visitante

É normal que o desempenho do Flamengo como mandante seja muito superior ao do Internacional como visitante. Mas os números dos dois times apresentam algumas curiosidades bem interessantes.




O time de Jorge Jesus tem o terceiro melhor aproveitamento (81,8%) jogando em casa entre os times da Série A em 2019, atrás apenas de Santos (83,3%) e Palmeiras (82,5%). Já a equipe de Odair Hellmann tem o segundo melhor aproveitamento (53,6%) como visitante no ano entre as equipes da Série A, atrás apenas do Palmeiras (56,06%).

Essa média de 2,45 gols por partida do Flamengo é a melhor como mandante entre as equipes da Primeira Divisão. Por outro lado, a defesa é um dos pontos mais fortes do Internacional. O Colorado consegue ter uma média de gols sofridos como visitante (0,73) melhor do que a do Flamengo como mandante (0,86).

Assim como foi com Abel Braga, ajustar a defesa também tem sido um problema para Jesus. Além da alta média de gols sofridos, o time não sofreu gol em apenas uma partida sob o comando o treinador português, nas oitavas de final da Libertadores: 2 x 0 Emelec.


Fonte: Guilherme Maniaudet — Rio de Janeiro / SporTv