Homem é condenado a prisão na Austrália após fugir da quarentena

Jonathan David tornou-se o primeiro australiano a ser condenado por quebrar as regras de quarentena

Foto: Divulgação
Anúncio

Nesta terça-feira (14), Jonathan David se tornou o primeiro australiano a ser condenado a prisão por quebrar as regras de quarentena decretadas pelo país no seguimento da pandemia do novo coronavírus, segundo relata a estação televisiva ABC.

O homem de 35 anos viajou de Perth para Victoria no dia 28 de março, pelo que se viu obrigado a permanecer em quarentena durante duas semanas. Uma ordem que acabou, no entanto, por não respeitar por várias vezes.

As câmeras de segurança do local captaram imagens que mostram o sujeito escapando através de uma porta de emergência em diversas ocasiões e pegando transportes públicos… para se encontrar com a namorada.

Na passada semana, Jonathan David foi colocado em prisão preventiva, onde se manteve até esta terça-feira, quando foi levado a comparecer numa audiência no Tribunal de Magistrados de Perth.

O homem foi, então, condenado a uma pena de prisão de seis meses e duas semanas. Sendo que terá de cumprir um mês desta pena imediatamente e o restante apenas será aplicado se cometer outra infração no espaço de 12 meses.


Fonte: NOTÍCIAS AO MINUTO

Deixe seu Comentário