Imagens mostram técnico de enfermagem abusando de paciente e o que criminoso faz é revoltante

Foto: Polícia Civil Divulgação / Fernando
Anúncio

Na noite desta quarta-feira, 29 de maio, você leu aqui no 1 News um caso bárbaro. Uma paciente foi abusada enquanto estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular do estado de Goiás.

Imagens feitas por câmeras de segurança provaram a atitude, porém, quem teria cometido o ato chegou a negar a iniciativa. Infelizmente, a paciente que havia sido internada devido a crises convulsivas, acabou falecendo após passar alguns dias no hospital.




O nome do criminoso veio à tona nesta quinta-feira, 30 de maio, ele seria Idson Custódio Barros, técnico de enfermagem de 42 anos. Ao ser preso, o homem tomou uma atitude que está causando revolta em muita gente. Como mostram imagens divulgadas pelo portal I6, ele teria tampado o rosto com uma toalha.

Veja abaixo o momento em que o suspeito teria se negado a mostrar o rosto:

Em entrevista ao portal I6, o juiz Alessandro Manso falou sobre o caso. De acordo com ele, foi decidida a prisão preventiva de Idson porque as imagens mostravam claramente o que aconteceu no hospital particular do estado de Goiás.

Mais sobre o caso da paciente que sofreu abuso em uma UTI no estado de Goiás

O boletim de ocorrência foi registrado no dia 21 e ela morreu no último domingo. Exame cadavérico comprovou que ela havia sofrido abuso enquanto esteve internada na UTI.

De acordo com o boletim, o suspeito foi questionado sobre os abusos e sugeriu que olhassem as câmeras de segurança do hospital. Ele garantia que não tinha feito nada, além do “procedimento padrão”.

Fonte: 1 News

Comentários