Irmã de pastor morto expõe face desconhecida de Flordelis e fala do motivo do assassinato

Foto/Reprodução: Veja
Anúncio

A morte do pastor Anderson do Carmo continua um verdadeiro mistério com o uso do questionamento do “Quem matou”. Nessa sexta-feira, 28 de junho, outras pessoas foram ouvidas pela Polícia Civil do Rio de Janeiro. Desde a morte do religioso, que foi assassinado com pelo menos 15 tiros, dezenas de possíveis testemunhas foram ouvidas pelos agentes.

Uma delas, é claro, ganhou destaque, a esposa do pastor, a deputada federal Flordelis. Ela é uma das suspeitas de ter participado do assassinato de Anderson. Michelle do Carmo, irmã de Anderson, deu uma entrevista à Veja, na qual dá detalhes de como era a rotina do casal. Segundo Michelle, Flordelis parecia gostar do seu irmão e eles eram um “casal modelo”.




No entanto, no dia da morte do irmão, Michelle contou a polícia que esteve na casa onde ele morava com Flordelis e havia um clima estranho no ar. Michelle disse ainda acreditar que a motivação da morte pode ter sido por causa de dinheiro. “Nunca vi meu irmão maltratar nenhum filho, nunca vi meu irmão maltratar ela, era um amor incondicional”, afirmou ela ao falar sobre o importante assunto.

Já Flordelis, que antes dizia que nenhum filho teria coragem de fazer isso contra Anderson, agora desconfia do mais novo. Lucas, de 18 anos, que está preso, para ela, pode ter cometido o crime.




Nessa semana, vale lembrar, a vidente Lene Sensitiva fez previsões envolvendo o caso. De acordo com a paranormal, a cantora gospel que foi casada com Anderson seria a mandante do crime. A sensitiva ainda revelou que o motivo para tanto seria o fato da família necessitar de dinheiro.

 

Fonte: 1 News

Comentários