Operação cumpre mandados relacionados ao assassinato do roqueiro “Heavy Ney”

Foto: Divulgação
Anúncio

Policiais da Delegacia de Homicídios de Porto Velho, coordenados pela delegada Leisaloma Carvalho, deflagraram a Operação Metal, na manhã desta sexta-feira (25), para cumprir mandado de prisão preventiva expedida contra o apenado Eder do Carmo de Souza, 39 anos, acusado de matar a tiros o roqueiro Ney Miranda, o “Heavy Ney”, 55 anos, em abril de 2016.

Além da prisão do acusado, a justiça expediu mandados de busca e apreensão para serem cumpridos em vários endereços, todos ligados ao acusado.




O investigado já cumpre prisão temporária pela morte do vigilante Irlan Rodrigues Barreto, 41 anos, ocorrida na noite do dia 30 de setembro do ano passado, em frente a uma vila de apartamentos, localizada na rua Davi Canabarro, Bairro Costa e Silva, Zona Norte da capital.

Durante as investigações, a delegada Leisaloma Carvalho, juntamente com seus agentes, descobriu que Eder também estava envolvido na morte de Heavy Ney.


Fonte: RONDONIAGORA

Deixe seu Comentário