Prefeita de Cacoal vai defender mandato mesmo presa em Porto Velho

Ela deve apresentar sua defesa em sessão plenária da Câmara de Vereadores de Cacoal

Anúncio

Presa desde o último dia 25 de outubro, a prefeita de Cacoal Glaucione Rodrigues terá seu destino à frente do município debatido pelos vereadores em sessão plenária marcada para esta terça-feira (13).

Glaucione tem garantido o direito Legal de concorrer à reeleição neste pleito, já que a Justiça Eleitoral impossibilita apenas candidaturas de pessoas condenadas, fato que não corresponde ao da prefeita que está presa de forma preventiva e ainda será julgada.
O barulho no plenário Senador Ronaldo Aragão promete ser grande por parte de vereadores da oposição, mas até o momento a prefeita ainda conta com uma forte base aliada, o que deve segura-la por mais algum tempo na cadeira.
Dez vereadores conseguiram abrir o processo de investigação que pode culminar na cassação do mandato de Glaucione. Uma comissão de vereadores foi até Porto Velho (RO), onde a prefeita está em cárcere, e realizou a notificação.
Ela deve apresentar sua defesa em sessão plenária da Câmara de Vereadores de Cacoal.  De acordo com o prazo regimental o processo pode durar até 90 dias, o que ultrapassaria o atual mandato que termina em 31 de dezembro de 2020.

Fonte: RONDONIAOVIVO

Deixe seu Comentário