“Presidente já esperava”, diz Mourão sobre devolução da MP do Marco Civil

Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), oficializou, na noite de terça-feira (14/9), devolução da medida que limitava a possibilidade de remoção de conteúdo nas redes sociais

(crédito: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Anúncio

O vice- presidente Hamilton Mourão (PRTB) afirmou nesta quarta-feira (15/9) que o presidente Jair Bolsonaro já esperava que a Medida Provisória que alterava o Marco Civil da Internet fosse devolvida. “Presidente já esperava isso aí. Então, sem problemas”, alegou a jornalistas na chegada ao Palácio do Planalto.

Na noite de terça-feira (14), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), oficializou a devolução da medida que limitava a possibilidade de remoção de conteúdo nas redes sociais. A decisão foi comunicada ao Palácio do Planalto e lida por Pacheco no plenário do Senado.

Na decisão, Pacheco afirmou que a MP gera insegurança jurídica e configura um “abalo” ao desempenho das funções do Congresso. O presidente do Senado citou a tramitação de um projeto de lei sobre o tema aprovado no Senado e aguardando votação na Câmara. O senador também citou que a MP de Bolsonaro impacta diretamente no processo eleitoral.

Ainda ontem, durante cerimônia no Palácio do Planalto, Bolsonaro defendeu a MP e afirmou que “fake news faz parte da nossa vida”. Ele ainda comparou a prática de disparo de notícias enganosas a ‘mentir para a namorada’. Ao contrário do fenômeno de alto compartilhamento de notícias falsas, presidente alegou que “hoje em dia, fake news morre por si só. Não vai para a frente”.


Fonte: Correio Brasiliense

Deixe seu Comentário