Samuel Costa diz que vai cruzar 7 de setembro de joelhos se Bolsonaro for reeleito

Anúncio

O professor, advogado e militante político Samuel Costa lançou ontem à noite, um desafio no Programa News 5.1. na Rima TV. Ele declarou ao jornalista Edvaldo Soares que irá cruzar a avenida 7 de Setembro de joelhos, caso o presidente Bolsonaro seja reeleito em 2022.

Segundo Samuel, essa pauta de prioridade do presidente de combate à corrupção, família, Deus é tudo balela. “Isso não existe, é tudo balela. Povo tá passando fome. Pobre que não é de direita, que não é masoquista, jamais vai votar no Bolsonaro, Nem entro no mérito do Lula, ganha qualquer um, menos o Bozo leva a eleição”, arrematou.

Sempre polêmico, a declaração aconteceu em um debate que contou com a presença do ex-deputado Jesuíno Boabaid, Moisés Cruz e do Pastor Josinélio e Bispo Paulo Cavalcante – que são conservadores e defendem a Cloroquina como forma de tratamento convencional eficaz ao Coronavírus, dentre outros convidados do programa.

Aos religiosos, defensores da Cloroquina, Samuel disse que nenhum órgão de controle nos dias contemporâneos declarou a Cloroquina ou qualquer outra droga ter eficácia contra o coronavírus, rebatendo o argumento do pastor Josinelio e do Bispo Paulo. Ele incluiu também a Ivermectna nesta lista dos remédios sem eficácia.
“O Pastor josinelio falseia a verdade quando ele defendeu categoricamente que a OMS defende a cloroquina como meio eficaz de combate e cura ao Coronavírus”, rebateu ele, ao declarar que o religioso pode ter se apoiado em afirmações pretéritas em 2019 ou 2020, ou mesmo se apegou a uma frase isolada, utilizando-se de máfé no debate. “Não existe comprovação científica para a cloroquina”, reafirmou.


Fonte: Assessoria

Deixe seu Comentário