“Vão ter que provar”, diz homem ao ser preso com 260 pedras de crack e cocaína em Curitiba

O suspeito foi encaminhado à Central de Flagrantes de Curitiba

Foto: Banda B.
Anúncio

Um homem foi preso com drogas na Alameda Cabral, no Centro de Curitiba, na madrugada desta sexta-feira(12). Ele estava com mais de 260 pedras de crack e 22 pinos de cocaína, além de um papel com anotações, segundo os policiais. O detalhe é que o suspeito ficou nervoso com os policiais e disse que teriam que provar que ele realmente estava com as drogas.

O cabo Veloso contou para a reportagem que o homem estava com a anotações para quem ele venderia as drogas.




“Suspeitamos ali que o mesmo estava ali fazendo algo de ilícito, encontramos uma bolsinha com 260 pedras de crack e 22 pinos de cocaína e uma anotação de vendas de entorpecentes”, disse o cabo Veloso.

O cabo relatou ainda que o homem estava irritado com a prisão e pediu para os policiais comprovarem que as drogas realmente estavam com ele.

“Ele falou que eu deveria provar que a substância era dele. Ele quer inventar uma história que não existe. Foi localizado materialidade de dinheiro e anotações”, comentou.




O suspeito foi encaminhado à Central de Flagrantes de Curitiba.

Casos de cocaína em Curitiba

Em outubro, um estúdio de tatuagem que também vendia drogas foi descoberto por policiais militares do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque). Eles receberam uma denúncia apontando o crime no estabelecimento que fica na rua Sebastião Bordeaux de Oliveira, no bairro Barreirinha, em Curitiba.

O tatuador preso, que tem 41 anos, já tinha passagens pela polícia por tráfico de drogas e foi levado à Central de Flagrantes da capital.


Fonte: Banda B

Deixe seu Comentário