Vídeo mostra desespero de casal ao testemunhar queda do avião de Marília Mendonça; veja

Foto: Divulgação
Anúncio

Uma moradora de Caratinga (MG) testemunhou a queda do avião que vitimou a cantora Marília Mendonça e outras quatro pessoas. A casa dela, localizada dentro do condomínio privado onde a aeronave caiu, possui câmera de segurança que flagrou o momento em que ela e o marido se preparavam para sair e foram surpreendidos pelo acidente.

“O vídeo mostra eu fechando a porta, e naquele momento eu já ouvi um barulho muito forte, um barulho como se fosse um helicóptero, um avião junto, e era como se estivesse batendo uma lata, bem alto mesmo”, contou a dentista Rossana Bortot.




Nas imagens, também é possível ver que o marido dela liga para as autoridades para comunicar o acidente.

A cena deixou Rossana abalada. Ela revela que precisou tomar remédio para dormir nos dias seguintes.

“A gente nem sabia quem era. Independente de quem fosse, qualquer pessoa, ver um avião caindo daquele jeito é muito ruim. Quando eu soube que lá estava a Marília Mendonça, uma moça jovem, no auge, que tem um filho pequeno… a sensação foi ainda pior”.




A angústia só começou a diminuir no domingo (7), quando ela e o marido receberam visita de membros do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) e da Polícia Civil, que investigam a queda da aeronave. Entre os profissionais, havia uma psicóloga que a tranquilizou.

“A equipe buscava descobrir se havia alguma imagem que mostrasse o acidente, mas as câmeras mostram o pátio da minha casa, não deu para ver o avião em si. Mas a visita foi importante, porque conversei muito com a psicóloga, ela explicou que o que eu vi deixa um trauma, que é natural estar abalada”, explica Rossana.




Para tentar esquecer as imagens do acidente, Rossana foi orientada a não acompanhar reportagens sobre o assunto, pois trazem de volta as memórias daquele momento, que nunca poderia ter sido imaginado por ela e o marido.

“Moramos aqui há 10 anos. A minha casa é a mais alta do condomínio, daqui dá até para ver a pista do aeródromo, mas nunca tinha acontecido nada que pudesse nos alarmar, foi a primeira vez. Ainda estou tentando acalmar meu coração, mas não é fácil”.


Com informações do G1

Deixe seu Comentário