Aluno que esfaqueou diretora no litoral de SP diz não se arrepender

O estudante alegou que atacou a profissional porque ela teria traído a confiança dele e o deixado com raiva

Foto: Divulgação
Anúncio

O aluno de 16 anos que esfaqueou a diretora da escola estadual Ângelo Barros de Araújo, em Caraguatatuba, no litoral de São Paulo, prestou depoimento à Polícia Civil. O jovem afirmou que não está arrependido de ter dado facadas na vítima.

O estudante alegou que atacou a profissional porque ela teria traído a confiança dele e o deixado com raiva. No entanto, o jovem não deu detalhes do que ocorreu antes do crime, segundo informações da polícia para o G1.




Aluno esfaqueia diretora na porta de escola no litoral de SP




O jovem golpeou a diretora no abdômen, braço e perna. A mulher ainda está internada em um hospital, em São José dos Campos.

O crime foi filmado por câmeras de segurança da escola, que fica no bairro Travessão. As imagens mostram a diretora e o estudante conversando antes da agressão. (Veja o vídeo)

O jovem correu após desferir as facadas, mas foi apreendido ainda na noite de terça-feira (22/2), segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP-SP) informou ao Metrópoles.

Ele também se feriu com a faca durante o ataque e foi atendido em um hospital. O aluno foi encaminhado ao plantão de Caraguatatuba, onde o caso foi registrado como ato infracional de tentativa de homicídio. Depois ele seguiu para a Fundação Casa.


Fonte: METROPOLES

Deixe seu Comentário