Cacoal começa sentir efeitos do aumento do nível do rio Machado

Foto: Divulgação
Anúncio

O município de Cacoal começa a sentir os efeitos do aumento do nível das águas do rio Machado. Algumas famílias já estão desabrigadas e outras foram obrigadas a levantar os móveis e utensílios domésticos e não querem sair de suas casas. A prefeitura de Cacoal, através da Defesa Civil e órgãos de assistência social, está monitorando a situação das famílias.

O temor é que uma usina hidrelétrica, localizada em Pimenta Bueno e que contribuiu para as enchentes, abra o reservatório e provoque o aumento ainda maior do nível do rio Machado, obrigando a prefeitura a tomar ações mais drásticas. O prefeito Adailton Fúria estuda emitir um decreto de calamidade pública, mas a decisão será tomada nas próximas horas. Até hoje, três bairros e o distrito de Riozinho são os que mais sofrem com a cheia.


Fonte: Rondoniagora

Deixe seu Comentário