Crueldade: migrantes morreram em caminhão após terem sido trancados por dias sem água e comida enquanto fazia 40° nos EUA

Foto: Divulgação
Anúncio

Subiu para 53 o número de mortos na tragédia dos migrantes encontrados em um caminhão em San Antonio, no estado americano do Texas.

O balanço de vítimas foi atualizado pelas autoridades migratórias dos EUA na noite da última quarta-feira (29). Outras 11 pessoas continuam internadas, e quatro indivíduos foram presos por suspeita de envolvimento no caso.




Dos 53 mortos, 27 eram do México, 14, de Honduras, sete, da Guatemala, e dois, de El Salvador. Outras três vítimas ainda não foram identificadas.

Os migrantes faleceram sobretudo de desidratação e insolação, após terem sido fechados dentro do veículo sem água em um dia quando as temperaturas beiravam os 40ºC.

Um dos detidos, Homero Zamorano, de 45 anos, foi pego enquanto tentava se esconder no mato perto do local onde o caminhão havia sido abandonado. Ele também foi filmado por câmeras de segurança enquanto dirigia o caminhão perto de um posto de controle migratório.




Zamorano é acusado de tráfico de seres humanos e arrisca pegar até prisão perpétua ou pena de morte.


Com informações do Terra.

Deixe seu Comentário