ELEIÇÕES 2020 – Se eleições para prefeito fosse hoje Léo Moraes teria preferência da maioria dos eleitores da capital

Foto: Divulgação

Faltam 17 meses para a eleição municipal, mas a instabilidade política vivida pelo Executivo Municipal faz com que o eleitorado volte seus olhos para a sucessão de 2020, que certamente terá um embate interessante entre os novatos e os ´velhacos´ da política local.

De olho na disputa, o Instituto Brasil Dados realizou de 13 a 16 de maio de 2019, em Porto Velho, uma entrevista com 825 eleitores de várias regiões da cidade para a aferir a preferência do eleitorado para a sucessão de Hildon Chaves (PSDB) na Prefeitura Municipal.




Vários nomes apareceram na disputa:

O deputado Léo Moraes aparece na primeira colocação com 14,42%, seguido do professor Vinícius Miguel (9,09%); Logo em seguida aparecem Jaime da São Lucas e Ellis Regina, empatados com 7,03% e Hermínio Coelho (6,06%). Na sequência tem ainda Coronel Charlom e Edgar do Boi empatados com 4,12%, o advogado e empresário Ricardo Frota, o ex-governador Daniel Pereira, o prefeito Hildon Chaves e Pimenta de Rondônia empatados com 3,15%, além de Arnaldo Buiu e o professor Junior Freire, empatados com 1,09%. O total de indecisos é 33,35%.




Lembrando que todos os candidatos lembrados, à exceção do advogado Ricardo Frota, todos já têm uma certa experiência na política. Léo Moraes já foi vereador, deputado estadual e hoje é deputado federal; Vinícius Miguel foi o terceiro mais votado na eleição para governador em 2018, em Rondônia;  Hermínio Coelho já foi vereador e deputado estadual, presidindo as duas Casas de Leis em seus respectivos mandatos. Daniel Pereira foi governador tampão nos últimos oito meses da gestão Confúcio Moura, que se licenciou do cargo para disputar o Senado. Já o professor Júnior Freire já foi candidato a vereador e é militante atuante no PC do B e ex-militante do PV.

Dados da Pesquisa
Abrangência :Eleitores do município de Porto Velho
Margem de erro: 3,41%
Amostras : 825
Período : de 13 à 16 de Maio de 2019.

 

Fonte: Brasil Dados News

Comentários