Esposas de detentos cobram direito à visita durante a pandemia

As visitas foram proibidas pelo governador Marcos Rocha por Decreto

Anúncio

Na manhã desta quarta-feira (19) esposas de detentos que cumprem pena em unidades prisionais de Porto Velho (RO) realizaram uma manifestação em frente ao Centro Político Administrativo – CPA para exigir o retorno das visitas, entre elas, a íntima.

As visitas foram proibidas pelo governador Marcos Rocha por Decreto em decorrência da pandemia de COVID-19.

De acordo com o Governo de Rondônia, essa medida foi tomada para impedir o avanço da infecção dentro das penitenciárias, preservando os presos e profissionais da segurança pública.


Fonte: RONDONIAOVIVO

Deixe seu Comentário