Lei Seca na saída de carnaval prende quase 20 e militar do Exército por desacato

O soldado do Exército teria ainda tentado instigar foliões contra os policiais

Anúncio

A Operação Lei Seca – Trânsito Vivo, ocorrida nesta madrugada de domingo (24) resultou em 19 pessoas presas por embriaguez na direção, além de um militar do Exército Brasileiro detido por desacato e um motociclista por desobediência.

Segundo o Rondoniaovivo apurou, foram duas blitz realizadas em pontos estratégicos nas saídas do desfile de um bloco de carnaval na região do bairro Areal, em Porto Velho.




Uma das blitz aconteceu na Avenida 7 de Setembro, próximo ao Tudo Aqui. Já a outra foi realizada na Avenida Campos Sales com Rio de Janeiro. Nesta última blitz um motociclista de 27 anos tentou se esconder em um posto de combustível, mas foi abordado. Ele desobedeceu a ordem dos policiais de que teria que passar no local das abordagens e recebeu voz de prisão.

O teste de bafômetro realizado nele deu resultado de 0,21 MG/L, caracterizando infração de trânsito, mas não o suficiente para ser enquadrado no crime de embriaguez na direção.

Durante a abordagem ao suspeito, se aproximou um soldado do Exército de 26 anos e aparentando estar sob efeito de álcool começou a xingar, desacatando os policiais e tentando instigar contra a equipe outros foliões que voltavam do carnaval.

Ele também recebeu voz de prisão e foi encaminhado a Central de Flagrantes junto com os demais presos na operação.

Fonte: RONDONIAOVIVO

Comentários