Membro de facção oferece suborno para PM após tentar matar jovem estrangulada

O acusado muito exaltado resistiu a prisão e foi necessário o uso da força física para prendê-lo

Foto: Divulgação
Anúncio

Se dizendo pertencer a facção criminosa Primeiro Comando do Panda (PCP) um homem de 41 anos foi preso na terça-feira (19) ao agredir uma jovem de 20 anos e tentar matá-la estrangulada. O crime aconteceu no bairro Três Marias, na zona Leste de Porto Velho (RO).

O acusado muito exaltado resistiu a prisão e foi necessário o uso da força física para prendê-lo. Para tentar ser solto, ele ainda ofereceu dinheiro à equipe policial.

Conforme o boletim de ocorrência, o homem invadiu a casa e partiu para cima da vítima com socos e pontapés. Ele afirmava ser integrante de facção e quando a vítima caiu ao chão devido as agressões, o acusado passou a enforcá-la, dizendo que ia matá-la.

Vizinhos intervieram e impediram a morte da jovem. O homem fugiu na sequência, mas a vítima acionou a PM e informou o endereço dele.

Os policiais fizeram o cerco e o homem ainda tentou fugir pulando muros de residências. Ao ser abordado, ele investiu contra os militares que tiveram que imobilizá-lo usando força física.

Já na delegacia, os policiais informaram que o acusado teria tentado subornar eles para ser solto. O homem, segundo os militares, irá responder por tentativa de homicídio, corrupção ativa e ameaça.


Fonte: Rondoniaovivo

Comentários