PANDEMIA: Candidatos que descumprirem medidas de proteção poderão ser eliminados

Confira na íntegra as condições

Foto: Divulgação
Anúncio

Atenção, candidato e candidata! Novas condições de biossegurança para a aplicação da prova objetiva da seleção do Ministério da Justiça foram divulgadas. O documento, publicado no site da banca organizadora, o Instituto AOCP, comunicou as normas para proteção contra o coronavírus a serem seguidas pelos participantes no local do exame. Veja abaixo as condições:

1. É obrigatório e de responsabilidade individual do candidato o uso de máscara facial, opcionalmente acrescida de protetor facial (face shield), durante todo o período e em qualquer local da instituição onde será aplicada a prova, sendo que o Instituto AOCP não fornecerá máscaras;

2. Uso obrigatório de álcool em gel, disponibilizado no local de prova, em áreas comuns, principalmente sanitários;
3. É obrigatório respeitar o distanciamento social entre pessoas, conforme sinalizações visuais e orientação da equipe de aplicação;
4. Quando solicitado, o candidato deverá retirar a máscara de proteção facial para que o fiscal possa realizar a sua identificação na entrada da sala de provas, bem como nas demais situações em que for solicitada tal providência;
5. A temperatura corporal do candidato será aferida na entrada das salas;
6. Haverá salas especialmente preparadas, com espaçamento mínimo de 3 metros entre as carteiras, seguindo os demais protocolos de saúde e procedimentos para casos suspeitos, para candidatos nas seguintes situações:
a) com temperatura aferida superior a 37,8 ºC;
b) que se autodeclararem em período de isolamento; ou
c) que declarem ter do contato com pessoa contaminada.
7. É proibido o consumo de alimentos na sala de aplicação de prova. Em casos excepcionais,quando comprovada a extrema necessidade, será disponibilizado um espaço adequado e monitorado para essa finalidade;
8. Aos acompanhantes, no caso das lactantes, também será obrigatória a utilização de máscara protetora facial e a não utilização será motivo de impedimento para acesso ao local.
Os candidatos que se recusarem a seguir as orientações adotadas contra o contágio da Covid-19 poderão ser eliminados da seleção. Veja aqui o comunicado em sua íntegra.
A seleção
O processo seletivo simplificado do Ministério da Justiça oferece 35 vagas temporárias na contratação de profissionais de nível superior. As oportunidades são para analista de governança de Dados (Big Data), cientista de dados e engenheiro de dados. Os salários são de R$ 8.300, para 40 horas de trabalho semanais.
A próximo passo é a prova objetiva, que será aplicada no próximo dia 27 de setembro. A posse dos aprovados será feita exclusivamente em Brasília-DF e tem prazo de validade de dois anos a contar da data de homologação do certame.
Clique aqui para saber mais sobre a seleção.

Fonte: CORREIO WEB

Comentários