Parabéns, Hildon Chaves! Porto Velho é a pior capital do país de acordo com pesquisa!

Porto Velho é a Pior Capital do País em Qualidade de Vida

 

Porto Velho apresenta o pior desempenho em qualidade de vida entre as capitais brasileiras, de acordo com o levantamento IPS Brasil 2024, divulgado nesta quarta-feira (3/7).

ImagemA pesquisa avalia diversas áreas que influenciam diretamente o bem-estar dos cidadãos.

 

Fatores Avaliados

 

A pesquisa do IPS Brasil considera uma ampla gama de fatores para determinar a qualidade de vida. Entre os principais critérios estão:

– **Nutrição e Saúde:** Avalia a disponibilidade e o acesso a alimentos saudáveis, bem como a eficiência do sistema de saúde.

– **Moradia e Saneamento:** Examina as condições das habitações e a cobertura dos serviços de saneamento básico.

– **Segurança Pessoal:** Considera os índices de criminalidade e a percepção de segurança pela população.

– **Acesso à Informação e Comunicação:** Mede a disponibilidade e a qualidade dos meios de comunicação e acesso à internet.

– **Qualidade do Meio Ambiente:** Avalia a qualidade do ar, água e espaços verdes.

– **Inclusão Social:** Examina a equidade no acesso a oportunidades e recursos, independentemente de fatores como origem, raça, gênero ou condição socioeconômica.

– **Liberdade Individual:** Considera os direitos e liberdades civis dos cidadãos.

– **Acesso à Educação Superior:** Avalia a disponibilidade e a qualidade das instituições de ensino superior.

 

Desempenho das Capitais

 

Porto Velho aparece na última posição entre as capitais avaliadas, refletindo desafios significativos em áreas como saúde, educação e meio ambiente.

A capital de Rondônia precisa enfrentar grandes obstáculos para melhorar suas condições de vida.

 

Desempenho nos Estados

 

O Distrito Federal ocupa o primeiro lugar no ranking estadual, seguido por São Paulo. Brasília se destaca especialmente em:

– Acesso à Informação e Comunicação

– Saúde e Bem-Estar

– Qualidade do Meio Ambiente

– Direitos e Liberdades Individuais

– Acesso à Educação Superior

 

No entanto, Brasília apresenta uma colocação preocupante no critério de inclusão social, ocupando o 26º lugar entre as 27 unidades federativas. Este fator é crucial para garantir que todos os indivíduos tenham acesso equitativo a oportunidades e recursos.

 

Contraste Regional

 

O estudo também analisou o desempenho dos municípios brasileiros, revelando um contraste significativo entre diferentes regiões. A Amazônia Legal concentra a maioria dos municípios com desempenhos críticos, enquanto a região Sudeste abriga os municípios com melhores notas.

 

Sobre a Pesquisa IPS Brasil

 

A pesquisa IPS Brasil é a primeira aplicação no território brasileiro da metodologia internacional Social Progress Imperative. Desde 2014, essa metodologia coordena e divulga o IPS Global, que avalia o progresso social dos países a partir de 57 indicadores, provenientes de diversas pesquisas globais realizadas por instituições como Health Metrics and Evaluation, UN Department of Economics and Social Affairs e Gallup Poll.

 

Conclusão

 

O levantamento IPS Brasil 2024 destaca Porto Velho como a capital com a pior qualidade de vida no país, enquanto outras capitais, como Brasília, apresentam melhores resultados. A análise detalhada dos fatores avaliados oferece uma visão abrangente do progresso social nas diferentes regiões do Brasil.


Fonte: Direita Rondônia

plugins premium WordPress