Quatro superalimentos (deliciosos) que baixam ativamente o colesterol

Sim, tem permissão!

© Shutterstock
Anúncio

O colesterol divide-se em dois tipos: o HDL ou colesterol ‘bom’ e o LDL também conhecido como colesterol ‘mau’, conforme explica um artigo publicado no site Sempre Bem.

Ora enquanto o HDL ajuda o fígado a processar as substâncias dos alimentos, e a expelir as toxinas do corpo; por outro lado, o LDL acumula-se nas paredes internas das artérias e veias. Em excesso, o colesterol ‘mau’ dificulta a circulação do sangue no organismo e consequentemente aumenta o risco de incidência de ataques cardíacos fulminantes, trombose, aneurisma e outras patologias graves.

Contudo, existem mudanças simples que pode fazer na sua alimentação que auxiliam na redução do LDL. Eis, de acordo com o Sempre Bem, os alimentos em que deve apostar:

Chocolate amargo

O chocolate amargo é rico flavonoides – uma poderosa substância que ajuda a diminuir o colesterol alto.

Se tiver dificuldade em consumir o chocolate devido ao seu sabor amargo, experimente primeiro as versões com 20% e 30% de cacau. Essas são as variedades mais doces, que conservam mais qualidades para combater o colesterol ‘mau’.

Laranja

Tal como o chocolate amargo, esta fruta também é extremamente abundante em flavonoides.

Um dos muitos estudos que confirmou esse efeito da laranja no corpo, foi realizado por investigadores da Universidade de Viçosa, de Minas Gerais. No decorrer da pesquisa, os voluntários que ingeriram laranja frequentemente viram os seus níveis de LDL baixar.

Além dos flavonoides, a laranja é rica em nutrientes que reduzem a quantidade de colesterol absorvido pelo intestino.

Vinho

O vinho, nomeadamente o tinto, contém boas quantidades de flavonoides que ajudam a regular os níveis de colesterol ‘mau’. A substância poderosa está concentrada nas casca das uvas usadas para a fabricação da popular bebida.

Os especialistas recomendam a ingestão de duas doses por dia, o equivalente a uma média de 200 a 250 ml de vinho, ou dois copos pela metade.

Canela

Segundo uma pesquisa da Universidade do Estado de Kansas, nos Estados Unidos, observou que pessoas que consumiam canela frequentemente tinham menores quantidades de LDL na corrente sanguínea.

O estudo apurou que as substâncias antioxidantes da especiaria ajudam a diminuir o colesterol ‘mau’.

Como tal, é uma excelente ideia polvilhar canela no café, chá, doces, leite e até no iogurte.


Fonte: NOTÍCIAS AO MINUTO

Deixe seu Comentário