Tortura e execuções: Identificadas todas as vítimas da chacina em fazenda de Vilhena

Foto: Extra de Rondônia
Anúncio

Na noite da última quarta-feira (13), as polícias civil e militar identificaram as vítimas de um massacre em uma fazenda na zona rural de Vilhena. A propriedade foi invadida por sete criminosos fortemente armados e mascarados.

As vítimas foram: o casal proprietário da fazenda Sonia Mara Biavatti, 55 anos, Heladio Candido Senn, 73 anos, funcionários Jhonatan Rocha Borges Reis, 21 anos, Oederson Santana, 34 anos, e Amagildo Severo, 53 anos .




Duas testemunhas que escaparam com os dois netos do fazendeiro disseram à polícia que eram por volta das 19h30 quando a fazenda foi invadida por criminosos armados mascarados.

Os bandidos entregaram as vítimas, ordenaram que todos se deitassem no chão da casa e depois ordenaram que as vítimas se identificassem. Depois disso, a quadrilha disparou vários tiros e executou as cinco pessoas.




Logo em seguida, a quadrilha trancou as testemunhas sobreviventes na casa do guarda e ordenou que não saíssem de casa, caso contrário, seriam todas mortas. O grupo fugiu da fazenda com uma picape Toyota Hilux do fazendeiro Heladio, um cofre com três armas e telefones celulares. Por volta das 5h30 desta quinta-feira (14), testemunhas conseguiram quebrar uma janela de sua casa trancada e buscaram ajuda em outra fazenda próxima. O caso foi investigado pela polícia especializada da cidade de Vilhena no combate à extorsão, roubo e furto.


Fonte: Amazoniaqui

Deixe seu Comentário