Horóscopo do dia: confira o que os astros revelam para esta quinta (2/12)

Veja o horóscopo por Oscar Quiroga para desvendar esta quinta-feira 2 de dezembro, de acordo com cada signo

(crédito: Pixabay/Reprodução)
Anúncio

Tua alma não tem escapatória, precisa encarar o trabalho de administrar esse desgosto que se avoluma dia a dia diante das mortais ambiguidades do mundo e das pessoas que o compõem, que amam os animais e os protegem, mas que não se importam com o desprezo e as opressões físicas e psicológicas que se cometem com os semelhantes do mesmo reino.

Está certo cuidar bem dos animais, porém, seria certo que nos seja indiferente que milhões de crianças sejam despejadas de seus lares e obrigadas a viver um destino incerto de imigrantes?

Está certo que nos preocupemos em criticar e condenar a ingestão de carne enquanto não nos surpreende nem mobiliza que as crianças morram de desnutrição e fome perto de nós? Se o sofrer de nossos semelhantes não evoca compaixão, o que resta?




ÁRIES (nascimento entre 21/3 a 20/4)

Chega uma hora que não dá para continuar tentando manter o domínio racional sobre os acontecimentos, e surgem as fortes emoções que chacoalham o edifício da postura formal. Resolver visceralmente é que a questão.

TOURO (nascimento entre 21/4 a 20/5)

O valor que você outorgar às pessoas com que se relaciona é, de muitas maneiras, uma transferência do valor que sua alma dá a si mesma. Observe com atenção a maneira com que você se relaciona com as pessoas e consigo.

GÊMEOS (nascimento entre 21/5 a 20/6)

Ainda que seja pouco o que você consiga fazer para avançar nos seus propósitos, isso será suficiente para, pelo menos, você voltar a ter uma imagem de si mais eficiente e produtiva. Foque nas atividades fundamentais.

CÂNCER (nascimento entre 21/6 a 21/7)

Para que o desânimo não se avolume, ainda que aconteçam milhares de coisas desanimadoras, reserve sempre um tempo para se divertir, para fazer o que você gosta, sem importar o que isso seja. Equilibre o jogo, isso sim.




LEÃO (nascimento entre 22/7 a 22/8)

Um pouco de paz e sossego viriam a calhar neste momento, mas talvez não seja tão fácil assim obter essas condições. De toda maneira, valerá a pena se empenhar nessa busca, porque sua alma precisa de algum tipo de respiro.

VIRGEM (nascimento entre 23/8 a 22/9)

Tantas coisas poderiam ser feitas, mas o tempo continua tendo a mesma medida de sempre, portanto, não é conveniente que você assuma mais tarefas das que, sabidamente, seria capaz de dar conta. Tudo em sua medida.

LIBRA (nascimento entre 23/9 a 22/10)

Há talentos em você que ainda não foram desabrochados através da prática e do exercício. Este é um desses momentos em que a alma precisa sentir que ainda há margem para esse desenvolvimento, e começar a praticar.

ESCORPIÃO (nascimento entre 23/9 a 21/11)

Apesar de que a sensação de ter a vida empatada diante de obstáculos que se mostram intransponíveis não é a mais atraente, ainda assim essa situação tem a utilidade de fazer você se mexer e entrar em ação.




SAGITÁRIO (nascimento entre 22/11 a 21/12)

Poderia tudo ser muito melhor, infinitamente, mas, por enquanto, é o que a realidade pode lhe oferecer. Não seria o caso de você se conformar, mas, pelo menos, aceitar a limitação e fazer o melhor com ela.

CAPRICÓRNIO (nascimento entre 22/12 a 20/1)

Aceite o fluxo maior de gente em sua vida deste momento, porque, mesmo que tire você da segurança de sua caverna, servirá para você ampliar o entendimento da realidade e, por isso, tomar decisões mais sábias.

AQUÁRIO (nascimento entre 21/1 a 19/2)

Aja de acordo com a necessidade, isso vai mitigar quaisquer dilemas que você tiver e ajudar a tomar as decisões pertinentes a cada caso. A necessidade é a mãe do destino, tenha isso sempre em mente. Necessidade.

PEIXES (nascimento entre 20/2 a 20/3)

Há coisas que deixam sua alma refletindo. Esse é um tipo de situação que precisa ser aproveitada para fazer um mergulho profundo em busca de conhecimento e de ampliação de sua percepção de como o mundo funciona.


Fonte: Correio Brasiliense

Deixe seu Comentário