PT nacional limita candidatos a governador nos estados, e Anselmo é confirmado em Rondônia

Foto: Divulgação
Anúncio

A direção nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) decidiu limitar o número de candidatura a governador e apenas 10 nomes serão lançados para concorrer nas próximas eleições, informou o jornal Folha de S. Paulo. As alianças são foco para sedimentar a eleição do ex-presidente Lula e a composição do futuro Congresso Nacional. Dos 10 estados, Rondônia foi autorizado a lançar o nome do ex-deputado Anselmo de Jesus, ligado ao movimento dos produtores rurais.

A candidatura de Anselmo havia sido confirmada pelo PT local há mais de um mês. Ficou decidido que Ramon Cajuí, que disputou a prefeitura de Porto Velho e candidato natural à vaga, formalizaria seu nome à Câmara dos Deputados, deixando a sucessão estadual para Anselmo, com as bençãos da ex-senadora Fátima Cleide, que tomou as rédeas do partido no Estado.

Com a decisão, o PT aguarda o fechamento da Federação com o PV, PC do B e PSB para turbinar as nominatas a deputado estadual e deputado federal em 2022.


Fonte: Rondoniagora

Deixe seu Comentário