Após menino balear a si mesmo e atingir rosto da irmã com tiro de espingarda, pais serão indiciados

Disparo acidental foi registrado ontem, no distrito do Guaporé

Foto: Divulgação
Anúncio

No domingo, 13, uma criança de idade não divulgada pegou a espingarda do pai e atirou acidentalmente contra a própria mão e contra o rosto da irmã, também menor de idade, no distrito do Guaporé, que pertence a Chupinguaia e fica a 90 km de Vilhena.

Segundo informações levantadas pela reportagem do FOLHA DO SUL ON LINE, o menino pegou a arma escondido do pai e durante o manuseio, a espingarda acabou disparando, trespassando sua mão e atingindo a irmã de raspão no rosto.




Como as crianças precisaram ser trazidas para Vilhena para receberem atendimentos médicos, o caso foi registrado diretamente na Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP).

A reportagem do site não teve acesso ao registro do caso por se tratar de menores de idade, mas foi informada pelo delegado Regional Fábio Campos, que possivelmente os pais serão indiciados pelo crime de omissão de cautela na guarda de arma de fogo.


Fonte: Folha do Sul

Deixe seu Comentário